Conheça o Adianti Framework para PHP:

  • Desenvolvimento com componentes;
  • Formulários e datagrids.
  • Versão Web e Desktop (Gtk);
  • Multiplataforma;
  • Desenhe as interfaces;
  • IDE própria (Adianti Studio).
Ver detalhes...

Estou digitando esse texto aqui durante o vôo de goiânia para Congonhas, aproveitando para relatar minha participação no 1o gophpconf. O Almir ainda ontem me perguntou o que eu achei do evento e eu disse que minha impressão foi a melhor possível. O formato ficou muito legal com um misto de palestras e mini-cursos ocorrendo paralelamente. Todos que organizaram ou participaram do evento (Almir, Amanda, Brenno, Otávio, eth, etc) estão de parabéns.

Cheguei em goiânia sexta pela noite e no sábado pela manhã ministrei o mini-curso sobre PHP e orientação a objetos, onde vimos desde o básico (agregação, composição, herança) até padrões de mapeamento objeto relacional (row data gateway, active record, foreign key mapping, class table inheritance, etc)...


Depois fomos para o almoço, que reuniu a galera. Lá Pude conhecer pessoalmente o Wender Fernandes, que já está na comunidade do php-gtk há muito tempo, sendo que já perdemos a conta de quantos e-mails foram trocados esses anos todos. Foi muito bom conhecê-lo pessoalmente e ver que se trata de uma pessoa fora de série não somente on-line, mas off-line também :-)

Também reencontrei o Blanco, que não via há alguns anos, desde a phpconf de 2006. O Blanco não preciso falar muito, pois é um profissional referência na comunidade e um cara muito divertido. Para ele a vinda para goiânia foi mais complicada devido à fatores ghost/trash do trânsito de SP que fizeram ele perder o vôo pela noite e obrigando-o a vir pela madrugada. Vi uma parte do seu mini-curso de doctrine. Uma pena que eu não pude ver todo, pois minha palestra da parte da tarde (sobre padrões de persistência objeto-relacional) já estava para começar.

Além do Blanco, também reencontrei o José Augusto, velho amigo de outros eventos como o PHPRoadShow de BSB. Na verdade não consigo precisar exatamente onde conheci o Augusto pela primeira vez, mas nos conhecemos há muito tempo. Sua esposa e seu filho o acompanharam desde BSB até GO, uma família unida em torno do PHP :-)

Após minha palestra na tarde, fizemos uma mesa redonda (Otávio, eth0 e eu) sobre o tema mercado de trabalho. A mesa redonda (nem tão redonda assim) foi bem polêmica com assuntos como a regulamentação da profissão e diferenças salariais entre profissionais que trabalham com diferentes tecnologias. A discussão estava tão boa que o Almir teve de interromper pois o tempo já havia estourado. Mesmo assim, alguns continuaram a mesa redonda fora do evento. Após o evento, comemos o bolo de aniversário de dois anos do gophp, parabéns pessoal ! O bolo tava bom demais ! Depois do bolo fomos para o PHPinga, confraternização tradicional após eventos de PHP. Podemos afirmar que o PHPinga sem Blanco tem um teor alcoolico baixo. Se juntar o Blanco com o Zé Ricardo de Campo Grande fica um evento master world first class tipo while (!fall()) drink();

No PHPinga, não conseguimos falar de outra coisa a não ser PHP, óbvio. Mas nesse caso compartilhamos algumas histórias hilárias dos códigos mais ridículos do mundo que cada um já viu. Desde a senha "franga3" até o IF (FALSE), hehehe. Poderia ter um programa de tv chamado "The world most amazing codes" ou "The world most threatening codes", assim como tinha o "The world most amazing videos" da band (eu acho).

No evento também conheci o Brenno, o Otávio, o Eth0 e tantas outras pessoas bacanas cujo nome o PHPinga apagou da memória. Gostaria de deixar um abraço especial para o Almir, que já conhecia desde Anápolis/2005 onde ministrei um curso de gnuteca/agata e foi quem me convidou para o evento. Também para sua esposa Amanda, muito simpática, que confeccionou os elefantinhos de biscuit do PHP para o evento. O pessoal do sul vai adorar os elefantinhos quando receber :-)

Na outra vez que estive em GO só passei por Goiânia e rumei direto para Anápolis. Desta vez pude ter contato maior com a cidade e a comunidade local de PHP e pude reafirmar as melhores impressões possíveis que já tinha do pessoal do centro-oeste, ou seja, pessoas legais, simples, hospitaleiras e principalmente parceiras e amigas.

Postado em